KAMIGAWA

Por muitas centenas de anos, os habitantes de Kamigawa adoraram pacificamente os espíritos de seu mundo. Até que um dia, seus deuses atacaram e mergulharam o plano em uma guerra brutal.

Com uma atmosfera que lembra o Japão da era sengoku, esse plano contém dois mundos simbióticos: o utsushiyo, ou reino material, e o kakuriyo ou reino espiritual dos kami. Cada kami era uma divindade e o caminho da felicidade era honrar esses deuses e viver conforme seus princípios. Os habitantes de Kamigawa estavam satisfeitos com esta vida de devoção. Então, o inimaginável aconteceu. Os deuses se voltaram contra eles.

Lentamente a princípio, os kami começaram a ganhar forma no mundo material. Alguns estudiosos acreditavam que eles estavam mandando uma mensagem ou aviso. Mas suas aparições eram tão estranhas e surreais que nenhum significado verdadeiro podia ser identificado.

Enquanto isso, o senhor da guerra mais poderoso do plano, o daimyo Takeshi Konda, governava as Planícies de Towabara de sua fortaleza, em Eiganjo. Enquanto os exércitos e samurais de Konda englobavam mais territórios em seu nome, mais kamis se manifestavam no mundo material.

Mas uma noite mudou a história de Kamigawa para sempre. A algumas milhas de distância do Castelo Eiganjo, os kamis invadiram a cidade de Reito. Dezenas de monstros do mundo espiritual varreram a cidade, matando quase tudo que havia de vivo no local. Centenas foram mortos e poucos sobreviveram. A Guerra dos Kamis havia começado. Durante os vinte anos seguintes, espíritos de todas as formas e tamanhos se manifestaram no plano, destruindo tudo que encontrassem pela frente.

Durante este cerco, Konda permaneceu dentro de sua fortaleza, misteriosamente protegido do perigo.

O povo de Kamigawa questionava o motivo da traição dos kamis, mesmo enquanto lutava para sobreviver. O que haviam feito de errado?

Na verdade, a guerra foi iniciada pelo orgulhoso daimyo Konda. Com a ajuda de aliados cidadãos-da-lua, Konda sequestrou um kami para garantir seu poder e imortalidade. Isso ofendeu profundamente o grande O-Kagachi, o kami de todas as coisas, acendendo a ira que tomaria incontáveis vidas.

Somente a filha de Konda, Michiko, e um kami roubado, que se chama Kyodai, têm esperanças de aplacar os kami e restaurar a paz frágil da terra.

CRIATURAS LENDÁRIAS

KONDA, SENHOR DE EIGANJO

Konda governa Kamigawa protegido pelas muralhas impenetráveis do castelo Eiganjo. A fim de garantir a prosperidade de seu reino, ele cruzou para o mundo espiritual, trazendo consigo a imortalidade. Isso enfureceu O-Kagachi, que revidou com uma guerra de espíritos contra os mortais do plano.

VER CARTÃO

SOCIEDADES

SAMURAIS DE TOWABARA

Esses samurais protegem fielmente o castelo Eiganjo. Eles garantem a paz em toda Kamigawa silenciando rapidamente qualquer um que ouse se opor a Konda. Apesar de serem eficientes e conseguirem repelir quase todos os ataques dos kami, eles não foram páreo para o ataque de O-Kagachi.

VER TODAS LAS CARTAS EN THE GATHERER

RAÇAS DE CRIATURAS

ESPÍRITOS (KAMI)

Os kami são reflexos espirituais de objetos do mundo mortal. Quando os kami se manifestam no mundo mortal, sua aparência é caótica e sobrenatural, mas são distinguíveis pelas pequenas extensões de sua essência espiritual ao seu redor.

VER TODAS LAS CARTAS EN THE GATHERER

VISITANTES PLANESWALKERS

JACE BELEREN

Um prodígio com um apetite perigoso por conhecimento, as habilidades de Jace em ilusão, leitura de mente e modificação de memórias são quase tão ilimitadas quanto um Planeswalker.

SAIBA MAIS

COLEÇÕES DE CARDS

CAMPEÕES DE KAMIGAWA

Criaturas bizarras atacam os samurais enquanto dormem. Goblins fogem de espíritos de gelo furiosos. Na Escola Minamo, estudantes de feitiçaria lutam incessantemente para conter um fluxo de seres que se materializam. Kamigawa está em guerra, humanos contra espíritos.

SAIBA MAIS

Usamos cookies neste site para personalizar anúncios e conteúdo, oferecer recursos de redes sociais e analisar o tráfico da web. Ao clicar em SIM, você consente que nós configuremos cookies. (Learn more about cookies)

No, I want to find out more